Mães Reais

Colocado em

Nunca fui uma pessoa organizada. Sempre vivi a marcar 3 coisas no mesmo dia, a esquecer-me da mala e do telemóvel em todo o lado e a correr atrás do prejuízo. Nunca consegui manter uma agenda actualizada mais de 2 semanas e nunca, mas nunca, chegava a horas a lado nenhum (essa parte mantém-se mais ou menos igual).

Quando soube que 3 meses depois de ter tido o Santiago já estava grávida outra vez, entrei em pânico. Na minha vida caótica, um filho já era um desafio enorme a nível de gestão e organização da minha vida e da minha casa, com dois eu achava que não ia ser possível. Chorei muito e dizia repetidamente ao Diogo “não sei se sou capaz. Como é que eu vou fazer? Se com um já estou assim como é que vou fazer com dois filhos?”. Toda a gente nos chamou de malucos e gostavam muito de fazer piadas sobre o quanto íamos deixar de ter vida a dois e que nunca mais íamos dormir uma noite seguida.

A verdade é que o Benjamim foi o membro equilibrador da nossa família. E deu-nos a todos uma grande lição. As crianças vêm esclarecer muitas dúvidas e levantam muitas outras, mas uma coisa é certa: vêm para nos provar que tudo é possível e tudo se faz. Mas no início, ter dois filhos com 11 meses de diferença é uma experiência assustadora.

Acabava os dias esgotada, e muito desse cansaço devia-se ao facto de não conseguir juntar as rotinas de cada um dos bebés. Assim que o Benji fez um ano, comecei a fazer tudo ao mesmo tempo: dou banho aos dois, jantar aos dois, supermercado com os dois. E apesar de parecer mais confuso, não é! Simplifica muito a vida e fortalece muito a ligação entre irmãos e o sentido de partilha.

O banho é das minhas alturas favoritas do dia e muitas vezes não consigo chegar a casa a horas do poder ser eu a dá-lo. Por isso mesmo, quando consigo, dou ainda mais valor e sabe-me pela vida. A vida não é perfeita, nós também não o somos, mas dar o nosso melhor é encontrar a perfeição na imperfeição. É por isto que me identifico com a marca Baby Dove pois considero que não existem mães perfeitas apenas mães reais.

0Comentários

Deixe um comentário

O endereço de email não será publicado.

Centro de Preferências de Privacidade

Estatísticas

Dados estatísticos

_ga,_gid,_gat